NOTÍCIAS

PEDAGOGIA: MITOS E VERDADES.
20/09/2017

PEDAGOGIA: MITOS E VERDADES.

Como em qualquer outra graduação, o indivíduo que desenvolve interesse em cursar pedagogia acaba se deparando com diversas informações, mas algumas não passam de boatos ou preconceitos em relação à carreira, baseados em senso comum.
É muito provável que o/a futuro pedagogo/a se depare com afirmações do tipo:
- Para fazer pedagogia tem que gostar de criança; - Se pretende seguir carreira, deve se acostumar a ganhar pouco; - É preciso se habituar a passar o dia em sala de aula.
Afinal, na pedagogia, o que é mito e o que é verdade?
GOSTAR DE CRIANÇA É UM PRÉ-REQUISITO PARA SER PEDAGOGO?
É normal que pessoas entrem no curso de pedagogia por gostarem de crianças, mas a profissão não se restringe a isso.
De fato o foco do curso, em geral, é estudar o desenvolvimento, alfabetização e conhecimentos relacionados à primeira infância. Com a conclusão do curso, o profissional poderá dar aula na educação infantil e do primeiro ao quinto ano do ensino fundamental.
Mas existem também outros campos de atuação para o pedagogo, seja em ambientes não-escolares ou em cargos de gestão. O importante é ter interesse pela área de humanas e questões educacionais.
O PEDAGOGO DEVE SE ACOSTUMAR A SER MAL REMUNERADO?
O grande problema relacionado a remuneração do profissional pedagogo se concentra no não-comprimento do piso pelos empregadores, seja pelas prefeituras ou instituições privadas.
Professores de educação infantil e ensino fundamental I, concursados e que deem aula em escolas públicas, possuem um piso salarial mensal de R$ 1.917,18 para 40 horas semanais.
No setor privado o salário pode variar mais, sendo que em algumas escolas existem professores para o mesmo nível escolar/carga horária que recebem mais de 6 mil reais mensais.
É importante ressaltar que a pedagogia oferece um dos maiores índices de empregabilidade do Brasil, empregando hoje cerca de 93% dos profissionais formados.
A SALA DE AULA É O ÚNICO AMBIENTE DE TRABALHO POSSÍVEL?
É claro que não! Com a formação em pedagogia o profissional habilita-se também a trabalhar em EJA (Ensino de Jovens e Adultos), na formulação de materiais didáticos e de cursos EAD ou em cargos de gestão escolar, como orientador, coordenador ou diretor.
Há também os espaços não-escolares que citamos anteriormente, como ONGs, museus, hospitais e o setor de recursos humanos de empresas.
Um fator pode ser determinante para o ambiente de trabalho do pedagogo será a especificidade de sua especialização.
Podemos constatar que a carreira do pedagogo é muito mais ampla e variada do que costumamos imaginar. A pedagogia é uma área fundamental no desenvolvimento e evolução de uma nação, sendo seu trabalho determinante na formação das futuras gerações.
A partir de 2018 a Faculdade Rhema ofertará graduação em Pedagogia 100% presencial no município de Arapongas. Se agora, com uma visão mais completa da carreira, você tiver interesse no curso, junte-se a nós!