NOTÍCIAS

DE OLHO NO PREÇO: IPC-Ara/RHEMA
15/06/2018

DE OLHO NO PREÇO: IPC-Ara/RHEMA

PESQUISA INÉDITA REALIZADA PELOS ACADÊMICOS DE ADMINISTRAÇÃO DAFACULDADE RHEMA REVELA A INFLAÇÃO DO MUNICÍPIO DE ARAPONGAS

É importante que você saiba que:

IPCA é o Índice de Preços ao Consumidor e que INFLAÇÃO se dá quando há aumento no nível geral dos preços ao consumidor

O IPC-Ara/RHEMA foi o que chamamos quando foi feita a avaliação das variações de preços na cidade de Arapongas/PR para o mês de maio/2018 em comparação com o mês de abril/2018, através da coleta de preços de 287 produtos e serviços entre os dias 01 e 10 de cada mês. Após a coleta dos dados, foi aplicada a metodologia de cálculo do IBGE[1], que é o mesmo utilizado para o INPC[2].

Os RESULTADOS OBTIDOS revelam que:

ü  De modo geral, os preços dos produtos pesquisados tiveram um aumento de 0,77% no mês de maio, comparativamente com o mês de abril, evidenciando um aumento no custo de vida de todos os consumidores da cidade de Arapongas.

ü  Este tipo de pesquisa em uma cidade do interior, é pouco comum, uma vez que os índices são, normalmente, coletados em capitais e regiões metropolitanas do país.

ü  Entre os produtos pesquisados, observou-se que os que compoem a cesta básica, na cidade de Arapongas/PR, sofreu um aumento de 3,59% no mês de maio em comparação com o mês de abril, elevando o valor total dos produtos de R$ 308,94 para R$ 320,04.

ü  Em comparação com os preços de outras regiões, constatou-se com a pesquisa que a cesta básica de Arapongas/Pr possui um valor menor do que o praticado, por exemplo, em Curitiba/Pr que foi de R$ 394,07 para o mês de abril/2018[3].

ü  O gráfico a seguir mostra a comparação dos índices de do IPCA IBGE com o IPC-Ara/Rhema:

Toda a coleta de dados, cálculo e análise foi realizada pelos acadêmicos de Administração da FACULDADE RHEMA, orientados e supervisionados pelo Profº Ms. Alex Faverzani[4].

[1] Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.[2] Índice Nacional de Preços ao Consumidor.[3] Preço de maio não divulgado até o fechamento do presente relatório.[4] Mestre em Teoria Econômica pela UEM (Universidade Estadual de Maringá). E-mail: alfa1986@gmail.com

DESTAQUES